Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Titi já volta

A Titi já volta

Cruzeiro Rota dos Príncipes no maior navio do Mundo - Dia 1: Barcelona

Navio Harmony of the Seas - Royal Caribbean

10 a 18 de Setembro de 2016 - Barcelona, Palma de Maiorca, Marselha, Civitavecchia, Nápoles

 

519753_214x305.png

 

Passados dois anos do meu primeiro cruzeiro, a minha família voltou a partir em mais uma grande aventura. Desta vez as expectativas eram ainda maiores por se tratar de um navio novo e que era considerado como o maior navio do Mundo no ano de 2016. 

 

Dia 1 - Viagem Lisboa-Barcelona

 

Finalmente tinha chegado o tão aguardado dia e pelas 6h45 da manhã já estávamos a levantar voo a partir do aeroporto Humberto Delgado em direção a Barcelona. Foi um voo operado pela TAP e com uma duração de 1h50.

Por volta das 10 horas já estávamos em terras catalãs em direção ao Hotel Auto Hogar através de um transfer que tínhamos reservado.  Optámos por viajar um dia antes do início do cruzeiro para termos a oportunidade de conhecer um pouco desta cidade.

Em relação ao hotel, localizado na avenida Paral-lel, tinha tudo o que era necessário para esta curta estadia. As instalações pareciam recentes e o atendimento foi cordial. A sua localização foi perfeita, perto das Ramblas e do Mirador de Colom, o que facilitou a deslocação até ao autocarro para o porto de cruzeiros no dia seguinte.

Fizemos o check-in, deixámos as malas na sala de bagagem do hotel e fomos à descoberta desta cidade que é o centro europeu de arte e arquitetura. Fizemos uma grande caminhada onde passámos pelas zonas de Port Vell, la Ribera, las Ramblas e Barri Gótic.

Começámos por descer a rua do hotel até ao Monument a Colom e a partir daqui percorremos a zona de Port Vell. Em tempos foi uma zona de docas industriais e foi transformada numa agradável área de lazer e entretenimento junto ao mar, onde a maior parte de atividades portuárias decorre, como a partida de pequenos barcos turísticos. O centro comercial Maremagnum fica ligado a terra pela Rambla del mar, uma passagem pedonal onde os turistas observam o levantar e baixar desta ponte. É aqui que também se encontra o Aquarium, um dos maiores da Europa.

 

20160910_112545.jpg

 

20160910_113556.jpg

 

Depois continuámos a percorrer o passeio passando pelo Palau de Mar e o museu de história da Catalunha até chegarmos a Barceloneta. Contornámos as típicas e apertadas ruas de Barceloneta até chegarmos à sua concorrida praia. A rua Passeig de Joan de Bordó encontra-se repleta de restaurantes.

 

20160910_122208.jpg

 

Daqui seguimos direção até à Igreja Santa Maria del Mar, de estilo gótico catalão. A entrada é livre e já no interior acabámos por perceber que estava a decorrer um casamento.

 

20160910_131438.jpg

 

Percorremos as típicas ruas romanas em labirinto até chegarmos à Plaça del Rei, onde encontrámos o Museu d`História de Barcelona que terá sido um palácio medieval. Continuámos até à Catedral de Barcelona, do século XIV e igualmente de estilo gótico catalão.

 

20160910_134629.jpg

 

20160910_134911.jpg

 

Ao redor da Plaça del Pí percorremos o conhecido Barri Gòtic, a parte mais antiga da cidade, onde existem vestígios e ruínas romanas, ruas, edifícios e praças do século XIX. Passámos por uma espécie de labirinto repleto de vielas, largos, lojas e cafés.

Daqui fomos até à avenida mais conhecida de Barcelona, Las Ramblas. Trata-se de um largo passeio pedonal repleto de árvores que se estende para sul desde a Plaça de Catalunya até à frente marítima. Em Las Ramblas encontram-se muitos restaurantes, bares, hotéis, o mercado de flores e o mercado coberto La Boqueria. Este é o mercado central mais conhecido da cidade e famoso por conter produtos mundiais. Não deixo de salientar a importância de se ter algum cuidado nesta avenida que também é frequentada por carteiristas.

 

20160918_110913.jpg

 

20160918_112050.jpg

 

Já acusávamos algum cansaço pelas várias horas de caminhada aliadas ao tempo bastante abafado que se fazia sentir e também às poucas horas de descanso da noite anterior pelo que depois de almoçarmos retornámos ao hotel para ao bom modo dos Espanhóis fazermos uma cesta.

Após o descanso retomámos o nosso passeio e neste fim de tarde explorámos a zona de Montjuic e Raval. Esta é a região onde se situam muitos museus, como por exemplo: Drassanes e Museu Maritim, Museu d`Art Contemporani, Fundación Joan Miró, Museu Nacional d`Art de Catalunya.

Percorremos a avenida Paral-lel, onde se situava o hotel, até à Plaça d`Espanya. Ao chegarmos a esta praça fomos até ao centro comercial Arenas de Barcelona onde desde o piso superior da restauração obtivemos uma magnífica vista sobre esta região ao anoitecer.

 

20160910_204303.jpg

 

Depois seguimos até à Fonte Mágica que atrai multidões todas as noites. E foi isso mesmo que constatamos. Uma imensa multidão a apreciar um espetáculo de luz e música que tornam esta fonte diferente de todas as outras à noite. Os esguichos de água dançam ao ritmo da música enquanto um arco-íris de luzes coloridas gera na água um brilho néon. Este espetáculo acontece de frente para o Palácio Nacional e ao redor do Jardí Botanic e do Parc de Montjuic. Toda esta zona repleta de jardins encontra-se muito bem cuidada.

 

WP_20160910_21_32_57_Pro.jpg

 

20160910_214154.jpg

 

Virado para o mar encontra-se o Castell de Montjuic que não chegámos a conhecer e onde no verão costuma haver cinema ao ar livre.

A noite manteve um ambiente quente e abafado e após o jantar regressámos ao hotel passando por um aglomerado de ruas em Poble Sec.

Fomos descansar e carregar baterias para o próximo dia que prometia o embarque no maior navio do Mundo.

 

...continuar a ler - Dia 2: Barcelona e embarque no navio 

  

Titi

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.